terça-feira, julho 12, 2011

Cabrões dos sapos...

Há coisas que não se explicam...Sentem-se apenas...

Sem comentários: